Alerta: o pão engorda

A ideologia vazia de sentido tem coisas absolutamente aterradoras. Não basta que não possamos fumar dentro de um qualquer estabelecimento comercial que nos pertença, que seja nossa propriedade privada, como acontece com o senhor do café ali em baixo que se recusou a instalar o sistema de ventilação. Quantas vezes o vejo obrigado a travar o seu legal cigarro fora das paredes que lhe pertencem. Mas não basta, de facto. Os limites ideológicos de um certo higienismo militante vão se definindo conforme a paranóia regulamentadeira a que estamos sujeitos. Trata-se agora do sal no pão. E qualquer dia talvez seja a quantidade desse pão que o cidadão pode comprar. Ou ainda não se lembraram que o papo-seco engorda?...
publicado por Afonso Miguel às 22:21 | link do post | comentar