De volta

Passaram dias sem acesso à internet, pouca visualização televisiva e parcas leituras. Estou de volta ao pouso domiciliário e sinto-me quase como um filho pródigo.

tags:
publicado por Afonso Miguel às 18:30 | link do post | comentar