Entre este e o Rangel, venha o diabo e escolha

A nomeação de José Manuel Pureza como líder parlamentar do BE não é ingénua. Muito menos se trata de uma aposta arrojada de um estreante, símbolo de um qualquer renovamento. O nome de Pureza aparece, entre outras coisas, porque diz que é "católico praticante" e isso vai dar um jeito do caraças para a próxima "agenda fracturante" da esquerda. Depois do aborto, seguem-se o emparelhamento de homossexuais e a morte assistida.

tags:
publicado por Afonso Miguel às 19:46 | link do post | comentar