Ironia, de facto

Dá-se como "deliciosa ironia" que Henrique Burnay, um dos envolvidos na troca das bandeiras na CML, não seja sequer monárquico. Pois o que eu acho irónico, mas com profunda tristeza, é que os monárquicos continuem, mesmo assim, a não ver o óbvio...

publicado por Afonso Miguel às 15:31 | link do post | comentar