O acólito de Sócrates

Ao contrário do que por aí se escreve, especialmente em casas de jornalistas de meia-tijela que se habituaram a lamber as botas ao poder, não foi a nós que Marinho Pinto fez o favor. Foi ao Primeiro-Ministro. Se o "corajoso" Bastonário da Ordem dos Advogados quer denunciar mau jornalismo - a verdadeira "vergonha" que "viola sistematicamente o código deontológico" - vá à máquina de propaganda do governo: a RTP.


 





tags:
publicado por Afonso Miguel às 23:58 | link do post | comentar