O reino da democracia

Sinceramente, já não sei se é só para serem “respeitados” ou por inocente estreitamento ideológico. Só sei que comparar Salgueiro Maia a Nuno Álvares Pereira é uma estupidez inominável e ofensa grave ao Santo Condestável. Colocar lado a lado homens que tiveram interesses tão opostos como um pólo dista do outro, enfrentando perigos bem desiguais na bravura necessária, é objectivamente revelador da monarquia que certos senhores apregoam. De facto, o regime que defendem é a democracia e a monarquia não passa de um ponto de vista sobre o seu funcionamento, como um bóia em alto mar para a resgatar. O que querem salvar não é propriamente Portugal, como Dom Nuno, mas a democracia reinante. Colocar-lhe uma coroa seria o seu maior sucesso.
publicado por Afonso Miguel às 16:15 | link do post | comentar