Os tempos difíceis

Padre João Seabra, em entrevista no Cartas na Mesa da TVI24:


 


"Dentro em breve, a Igreja estará na ilegalidade".


 


"Devemos preparar os cristãos para uma fidelidade à Igreja que  seja independente do Seu sucesso político".


 


"O homem já está feito. O Estado não o pode querer inventar".


 


"A democracia, para se sustentar, precisa de encontrar limites ao seu poder. E ninguém está disposto a admitir isto. De repente, podemos estar sujeitos à loucura de uma maioria".


 


A entrevista pode ser vista aqui (último vídeo).

publicado por Afonso Miguel às 20:23 | link do post | comentar