Regresso


 


Depois de uma pequena pausa nas lides blogosféricas e, sobretudo, na leitura, nada como aproveitar uma oferta que em boa hora me chegou às mãos: La Messe: une forêt des symboles, de Claude Barthe. Um livro que, atendendo ao autor e à excelência das primeiras páginas já lidas, foi lacuna grave nas prateleiras deste escriba mas promete agora, a seu tempo, dar matéria suficiente para reflexão e aprendizagem.

publicado por Afonso Miguel às 19:01 | link do post | comentar