Tempos interessantes


O Corcunda escreveu uma vez que Bento XVI seria o Papa da grande reunião, contrariando uma ideia de divisão que se espalhou em determinada altura. Se, por um lado, uma linha mais tradicional continua a apavorar o modernismo católico, por outro significa esperança para os que pretendem o reencontro do cristianismo no seio da Mãe Igreja.


 


Entretanto, a Santa Sé acaba de anunciar que o Sumo Pontífice irá publicar uma constituição apostólica que, mediante condições, permitirá um enquadramento canónico aos anglicanos que queriam voltar à comunhão com Roma. Da parte da FSSPX, surge também uma declaração importante de Mons. Fellay que levanta a possibilidade da fraternidade vir a ser uma prelatura pessoal, à semelhança do Opus Dei. Serão estes sinais daquela reunião? Estaremos definitivamente no caminho de uma reacção?


 


Esperemos e oremos. Aproximam-se tempos muito interessantes.

tags:
publicado por Afonso Miguel às 17:29 | link do post | comentar