Tudo nas mãos da FSSPX [VI]

O encontro em Albano (arredores de Roma), sobre o qual fiz aqui réplica do pedido de oração lançado pela FSSPX alemã, parece ter corrido na maior tranquilidade. E embora a especulação tome o seu lugar nestes casos, com informações aparentemente mal fundadas de descontentamento generalizado face à proposta do Preâmbulo Doutrinal, fiquei com a esperança de que a resposta da fraternidade será mais breve do que o que se prevê, no sentido de uma espectável reaproximação e resolução canónica. Ainda que o acordo acarrete naturalmente cedências de parte a parte, o que sei preocupar muitos católicos ligados ou com simpatia à luta tradicionalista, há que ter sobretudo em conta se as ditas cedências da Santa Sé são as necessárias a uma vitória para a Igreja, imediata e/ou a longo prazo. De facto, é isso e só isso que interessa e, alcançado esse objectivo, fica cumprida a nobre e histórica missão da Fraternidade de São Pio X, bem como a verdadeira intenção reformista que certamente marcará este pontificado.


 


Reforço pois o pedido de oração, para que as próximas reuniões e respectivas decisões sejam de acordo com o supremo bem que importa alcançar: a revitalização da religião. Hoje acredito, mesmo que minado pelas normais dúvidas e receios que todos temos, que Roma deseja ardentemente alcançar uma situação win-win. Recomendo em especial aos leitores que sejam membros do Apostolado da Oração que incluam esta intenção no oferecimento diário ao Sagrado Coração de Jesus.

publicado por Afonso Miguel às 22:19 | link do post | comentar