António Bastos a 19 de Janeiro de 2011 às 10:33

Magnífico! É difícil ser mais preciso. Subscrevo de A a Z. No caso da Espanha não sei se se trata apenas de um "olhar impotente" do rei mas também conivente na medida em que nunca se lhe conheceu qualquer manifestação, por muito ténue e discreta que fosse, de descontentamento ou discordância com os tais "desvarios zapateristas". Aliás ainda recentemente alguém me dizia um amigo que ele ainda mesmo de ser coroado já tinha contactos com muitos dos políticos espanhóis da transição, como Filipe Gonzalez ou  Adolfo Suarez, traindo assim o que estava combinado com Franco.

Comentar:

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres


Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.